11 abril 2009

Esferas

Espelhos,

Esferas de tantas formas, que me consomem mais do que deviam, esferas de três pontas, que me rasgam a alma, esferas vermelhas, amarelas...
Riscos de tudo, perto do nada, que o completam como magia, rasgos de luz intensa que me encandeiam em noites brancas, me levam e me trazem de tão longe...largando-me no ar, caindo perto de ti...Pianos de pés, olhos esbugalhados, como que correndo atrás de mim, querendo-me engolir num sopro seguro de fado...monstros de mil cabeças, velas acesas, sangue espalhado, calçadas manchadas, ondas paradas como quem vê...violinos embaraçados, como corpos trocados, adormecidos no frio do dia...assim são meus lábios marcados pelo vento...tento alcançar o chapéu que tomou de sua vontade...e com as pontas de meus dedos encontrar porto seguro no teu corpo molhado...

15 comentários:

Flor da palavra disse...

O que mais desejamos é encontrar um porto seguro!
Feliz Páscoa!
Beijos

Palma da Mão disse...

Obrigada Marília,Boa Páscoa, parabéns pelo teu blog, não consigo é comentar:(, mas está muito elegante.
Beijinhos

JC disse...

Lábios marcados pelo vento são lábios secos, que precisam de um bom batom...e com o tatear dos teus dedos concerteza que irás encontrar o corpo molhado, o corpo que tu anseias e queres.
Corpo molhado, corpo que se seca com o atear dos dedos e onde depois com os mesmos dedos se espalha um creme par o tornar macio.

Feliz Páscoa!
Beijinhos

Anónimo disse...

Boa pascoa para ti e desejo-te toda a felicidade deste mundo. ;) como sempre tens uma maneira muito especial de colocar a simplicidade da vida que deveriamos tomar rumo.

Beijinhos destes grande amigo Zé

Palma da Mão disse...

Obrigada JC, eu preciso de encontrar o meu corpo primeiro...e o porto seguro será a clareza do meu desejo...Boa Páscoa
beijinhos

Obrigada pai Zé, é sempre bom ter-te por aqui, boa Páscoa para todos aí por casa, beijinhos à mãe Natália

meus instantes e momentos disse...

gosto do teu modo de escrever, gosto do teu jeito....
Tenha uma bela Páscoa
Maurizio

Fragmentos Intemporais disse...

Passei para desejar uma óptima Páscoa, com direito a tudo o que mereces!

Beijocas doces!

DESIRE disse...

Sempre posts lindos os seus!
Bom sábado de Páscoa

Beijos prometidos

Erica Maria disse...

Texto lindo...fotos perfeitas, em perfeita harmonia!

Bjos linda, feliz páscoa!

Cadinho RoCo disse...

Que delícia chegar ao corpo desejado.
Cadinho RoCo

Palma da Mão disse...

Obrigada Maurizio, fico muito feliz que assim seja...

Amiga do maginifico blog, Fragmentos Imtemporais, obrigada pela visita, boa Páscoa querida.

Desire, Desire, sempre comigo também:)
Obrigada linda, uma Páscoa Feliz.

Erica dos olhos de mar:)É sempre muito bom ver-te por aqui, bigada:)

Cadinho, meu amigo Cadinho, obrigada pela visita.

Uma Páscoa Feliz a todos, e como não poderia deixar de ser, beijinhos, e o melhor de mim para vocês , o meu sorriso:)

Paulo Tamburro disse...

Invejo sua inspiração. Você consegue transformar a sexualidade, numa coisa mais gostosa que ovo de Páscoa ou Nhá-benta (esta última meu pecado favorito).

E como a Nhá-benta é meu sonho de consumo, testei todas as possibilidades que como poderia comê-la com mais satisfação.

E acertei!

Descobri, que as nhá-bentas, assim como as mulheres adoram aquelas intermináveis "prelimirares".

Agora, sempre antes de comer aquela gostosa com recheio de marshmalow, coloco-a dentro da geladeira por quinze minutinhos.

É incrível, como apesar de geladinhas, ficam muito mais quentes ao paladar(rsrs).

Palma da Mão disse...

:)Meu amigo Paulo,ter-te por aqui, a descrever-me do teu jeito, como se deve comer as nhá-bentas, é algo delicioso, rsrs,leste nas entrelinhas, rsrs,obrigada
Beijinhos

JC disse...

Vim à procura de um novo texto para sobre ele tecer alguns comentários e, sobre ele poder reflectir, porque as mensagens que neles estão inseridas são sempre motivo para a minha reflexão, mas deparei-me que não havia.
Talvez por hoje ser domingo; domingo e Páscoa e como tal um dia para descansar, descansar memo do blog.
Fizeste bem. No entanto, quero dizer-te que é sempre com muita atenção,com muito agrado, com muito carinho que passo por este teu espaço e sobre os textos que publicas faço os meus pequenos e pobres comentários. Mas, comentários verdadeiros e sentidos.
Beijinhos

Palma da Mão disse...

JC, Bom dia lindo, eu detesto os domingos, odeio de morte mesmo, e coloco sempre algo muito pouco, mas para mim sempre escrito com paixão, devemos ter-nos desencontrado entre o teu, sempre optimo e carinhoso comentário, e o meu irrequieto post de domingo, mas volta, e estará lá sim, escrevo porque amo escrever, escrevo coisas sem sentido, ou com todo o sentido do mundo, escrevo porque não sei fazer muito mais...escrevo porque me faz viva, e mesmo algumas das minhas babuseiras espalhadas por este canto meu e teu, teu e toda a gente, sorrio, choro, brinco enquanto escrevo, gosto simplesmente de o fazer...
Beijinhos mil, e espero contar sempre com os teus comentários, todos são muito importantes para nós, ou muito disto não faria sentido...