01 fevereiro 2009

Hoje...





Será assim, mais um Domingo, mais um dia, mais um café...


Talvez, encontre entre a chávena e o pires, o cubo de açucar...


Talvez encontre no movimento rotativo da colher, espaço para pensar em ti...Talvez enquanto aperto a chávena, consiga sentir o mesmo arrepio, o meu arrepio...Mas, sei que hoje não te quero aqui, não quero perder tempo a pensar se vens...se a campainha vai dizer estou aqui...Hoje não!


Hoje sou eu que digo não quero...


1 comentário:

Bruxinha disse...

Ás vezes é necessário estar sózinha/o.
Todos tem falta do seu tempo, do seu espaço.
E quem diz que não, apenas se engana a si próprio.