26 fevereiro 2009

Sou Assim e Então?


...menina-mulher, morena, há quem diga que sim, de alma e espírito negros, de África sinto saudade do calor da terra, do cheiro do pó, do vento ardente, do quente do homem, do sabor do mar, do sorriso do Sol, do humano da gente, bebo-lhe a vida e o sangue, vens e despertas em mim o chão que nunca pisei...falo para quem ouve, e não para alguém, oiço o que me dizes, imagino-te sentado pertinho de mim...mão na mão, olhos nos olhos, lábios trocados, línguas perdidas num tempo que é nosso, jamais penses que não ou que talvez, pensa que sim...sou assim e então? Sem medos, existem palavras mudas...gestos sem jeito, deixa para lá a boca do mundo, sou assim, e então?
Chega mais perto, devagarinho ou não tanto faz, toca, sente, vive, um momento aqui,ali, por aí, vem, chega aqui...deixa-me entrar...preciso de ti, corre comigo esse trilho, esse caminho...aperta a minha mão, diz-me só que sim...toca comigo no céu, vamos cantar, embalar as estrelas, dizer à Lua que vimos o Sol...vamos nadar juntos e procurar no mar piratas de outros tempos, contar-lhes mágoas de sereias perdidas...vamos nesse nosso silêncio para um lugar que nunca ninguém viu...leva-me...

3 comentários:

David disse...

Pela primeira vez, escrever-te-ei palavras que não são minhas, mas que "rimam" com as que escreveste:

"Let's swim to the moon,
Let's climb through the tide

Penetrate the evening
that the city sleeps to hide

Let's swim out tonight love,
It's our turn to try

Parked beside the ocean on our
Moonlight drive

Let's swim to the moon, let's climb to the tide
You reach your hand to hold me but I,
Can't be your guide

Easy, I'll love you, as I whatch you glide
Falling through wet forests on our

Moonlight drive
Moonlight drive

C'mon baby let's that a little ride
Going down by the ocean side

Get real close, get real tight
Baby gonna drown tonight

Going down, down, down, down
Going down"

Moonlight drive - The Doors

Até +

SK

Avid disse...

levo-te...voa ate aki onde o sol beija com calor e onde o negro tem vida nas dancas do luar. Tas repleta. Gosto de te ver assim.
Bjs meus

Vieira Calado disse...

Um texto bem feminino.

Como deve ser!

Bjs