18 março 2009

Nau


Perdida nas brumas da memória, esquecida por gentes de outrora...espero caminhando parada por um sinal do tempo que ainda não chegou, mexo nos fios do meu cabelo, penso nem sei bem porquê no sabor do beijo que ainda não dei, nas tertulias do meu eterno desejo e contradicção encontro sentidos sem toque...sinto perto de mim o calor de alguém que entra sem pedir licença na minha vida, e espero por um sinal do vento que me embala, do vento que embala as naus de piratas caídos, dispersos num oceano de pérolas fechadas em ostras de ninguém...piratas de perna de pau, que na noite sombria, gritam calados, sorrisos fechados, rostos escurecidos, homens bravios, futuros destemidos, em qualquer nau de casco rasgado pela fúria da água, das pedras, de um sonho perdido de ninguém...

11 comentários:

{♥Åññä Lµí§ä♥}_L€ØNARÐØ disse...

Adoro suas visitas e seus comentários!
É bom demais o que estou sentindo...Faz eu ver coisas onde ninguém ver rsrs!

Beijoss e volte sempre!

braulio disse...

ninguem ainda sonhou.
esse sonho divino
da ostra arrebatou.
con un golo....
de vinho fino

beijinhos amiga

braulio..

EU SOU NEGUINHA disse...

Menina...
Adorei teu escrito...vc escreve com o coração...
Beijocas em tu

dom disse...

Sem sombra de dúvida...nasceste para escrever!
Adoro cada poema que escreves!

Beijos,
Dom

Desejos Aliciantes disse...

Oi minha querida!
Amei o texto
Escreves divinamente
Amo os seus comentários e adorei a frase que deixou no meu
Obrigada pelo carinho
Boa tarde pra você
Uma tarde iluminada e feliz

{♥Åññä Lµí§ä♥}_L€ØNARÐØ disse...

Tem um "Selo da Paz" Para você no meu Blog!
Espero que goste!

Beijoss!

João52 disse...

mais uma vez aqui vim parar para ficar parado a ler cada palavra dos teus poemas deixando-me pasmado com o que leio simplesmente adorei...

saudações poéticas

Branca disse...

Alguém que entra sem pedir licença e se acomoda, tomando todos os nossos pensamentos, sentimentos...alguém que entra pra ficar!

Você escreve com o coração mesmo...

bjos!

A.S. disse...

Sentirás uma suave brisa tocar-te o rosto como uma caricia... uma voz doce junto ao teu ouvido como um sussurro! Nesse instante acordarás para a vida!!!


Beijos...

Palma da Mão disse...

Obrigada meus amigos por estarem comigo
Beijinho
Liliana, a Palma da Vossa Mão

ParadoXos disse...

aqui sim - é POESIA!!

abraços fraternos!