12 março 2009

Calada



Quando tudo o que me apetece é ficar calada, num momento meu, de plena ausência, as imagens falam por si mesmo, confundem, assediam, trocam cusquices entre si, e olham paradas para mim em jeito de querer...
Quando tudo o que quero é mimo, colinho, cafuné,beijos doces espalhados no meu corpo,doce de morango aqui e ali, sentir o gosto do cheiro da corda nas minhas mãos...
espero em silêncio...e por silêncio...

3 comentários:

braulio disse...

no teu silencio
na seda da tua pele
num frenesim intenso
no vai-vem dele.....(baile)

beijos,,,

Bruxinha disse...

Mimo, colinho, cafuné, beijos doces....
Ai...
Era tudo o que eu precisava agora.
Especialmente hoje...

Beijokas

Desejos Aliciantes disse...

hum esse post com morango e tudo tá uma delícia!
ai ai
acho que vou ao mercado comprar morangos amanhã...
estou desejando ele com o meu amor junto
:)
Boa noite amiga
Beijos