19 março 2009

Bandido

...Está em cima do velho piano, que não tenho, a taça de vinho que preparei para ti...colhi jarros brancos que deixei na cómoda de carvalho que nunca cheguei a comprar...penteei-me sorrindo, senti-te ali, senti o cheiro do teu corpo pertinho de mim, vivi o mimo do teu beijo ao acordar...o toque áspero da tua mão no meu ombro...o grito calado de um tempo que sei não vai voltar...o rasgar do pano frio e escuro à janela, senti-te sorrir...

...No cinzeiro de prata deixei o cigarro aceso, e gosto de permanecer em silêncio, sossegada, a ver-te fumar...Menino traquina, homem herói...corres no tempo, desafias monstros de cabeças viradas, escondes-te por aqui, e por ali...

Ouve comigo esse tango argentino, que nos solta perante olhares envergonhados, façamos das nuvens notas musicais, façamos da noite dia, e que o mundo se transforme em encanto, e pare para nos ver dançar...dentro de mim continuas vivo, amo-te bandido...amo-te tanto meu pai...e no momento em que a dança nos transforma em homem e mulher, a vida trás-te de volta até mim, e a morte cora só de nos ver passar...obrigada por teres existido, e por permaneceres muito vivo em mim...

13 comentários:

Tânia disse...

chorei....

braulio disse...

vamos nós dois
na dança da vida
anda
bora..
amo-te

beijos doces ...
braulio..

Bruxinha disse...

Sem palavras krida...
Fiquei sem elas. Fugiram ao ler as tuas.

Beijokas

Desejos Aliciantes disse...

Momentos lindos de um passado que vive na lembrança...
lindo post !
Amiga
obrigada por completar o meu poeminha...
postei o seu complemento pode ver
Beijos aliciantes na alma!

Pintura em Camisetas disse...

Olá!
Vim lhe convidar para que conheça um pouco do meu trabalho de pintura em camisetas!
Até

http://ramasppfp.sites.uol.com.br/pinturaemcamisetas.htm
http://ramasppfp.sites.uol.com.br/modelos.htm

Cadinho RoCo disse...

Viver no outro é muito bom quando então conseguimos do prazer elevar o gozo à celebração.
Cadinho RoCo

Pjsoueu disse...

Lindo, envolvente na memória do futuro olhando o passado tão presente.

É tão bom estar aqui:)

beijinhos

Pj

KENZO disse...

GRACIAS... por visitarme y tus comentarios. Un saludo. Kenzo

A.S. disse...

Belo!... Um texto envolvente e sensual que deixa todas as sensações à flor da pele!


Doces beijos...

Paulo Tamburro disse...

Absolutamente,lindo!

Eu,também já não tenho mais o meu.

Mais o que ele me deixou - um tesouro inesgotável - chama-se pedagogia dos exemplos.

Seu caráter e sua dignidade, foram tão importantes para a minha vida que,extamente como acontece como você, ele convive vinte e quatro horas do dia na minha consciência.

Nestes momentos conturbados e conflituosos que estamos vivendo, seu texto é um grito, um exemplo, uma passeata,uma Ong, a manchete de primeira página da certeza que o mundo não está perdido.

Nossos pais não são, somente importantes para nós, nós somos o que são ou foram nossos pais.

E este seu manifesto do partido dos cem por cento dignos, mostra como a família é essencial na nossa formação.

Família esta que a precipitação de alguns e a irresponsabilidade de outros, esta sendo literalmente jogada na lata do lixo!

Palma da Mão disse...

Só me resta agradecer a todos vós, que com vosso carinho e respeito,tornam a minha vida num cantinho melhor...
Obrigada, aquele beijo suave
Liliana

Anónimo disse...

Quando vivemos dentro de um caixote é difícil observar com a distância necessária o que se passa dentro do caixote. Mas tudo continua embora as paredes sejam de cartão, e se a realidade não é aquela que conseguimos perceber então não devemos ficar desiludidos. O amor é como a música dentro desse caixote fazendo eco e voltando ininterruptamente. Conheci o teu pai e o amor que tinha por ti, conheço te a ti para saber que o amor que tens dentro de ti é tb um eco do teu pai.

Palma da Mão disse...

Obrigada, é de lágrimas nos olhos que te agradeço por tudo o que és na minha vida, meu irmão do coração, meu amigo, meu confidente, meu colega de escola, meu amigo de brincadeira, crescemos juntos, a vida levou-nos para longe e tentou separar a amizade que nos une, mas nem a vida , nem a morte serão capazes de separar algo tão forte como o que nos une, a mais linda e nobre amizade entre um homem e mulher, meu amigo Santos, obrigada
Liliana
Beijinhos