28 maio 2009

Sim...



Sim...uma e outra, mais uma talvez...encosta-te a mim...deita-te simplesmente no meu colo...deixa-me cobrir o teu corpo com o meu manto...afagar-te o cabelo com o calor das minhas mãos, beijar-te docemente as palpebras, ajudando-te por fim a adormecer...ficarei junto de ti a noite inteira...marcar-te com o grave das minhas garras...morder-te com todo o meu desejo, e... quando te sentir tombado...nu...tomado...entornarei sobre mim todo o teu sangue...manchar-me-ei em leito de rios e brilhos que a vida e a morte preparam para nós... vou queimar-te com cada espinho das rosas que não me deste...brincar com a Lua dia dentro, gritar durante a noite ao Sol...foste meu...vou guardar-te então no meu bolso...junto ao peito...esconder-te do sim, mostrar-te ao não...fazer-te simplesmente feliz...imortal...sim...chama-me talvez vampira...porque não?!

20 comentários:

Blue disse...

Sim......... palavra importante.
Sim......... ela tem o poder de mudar.
Sim......... pode machucar também.
Sim......... tudo pode.
Sim......... mas também nada pode,
............ sózinha!

Beijos

Monday disse...

hum ... vampiras têm charme de sobra ...

Aqui - Ali - Acolá disse...

Amiga, aqui este comentário teu deixado no meu blog:

Meu amigo...li um dia por aí, que a saudade não é mais que a prova de que o passado valeu a pena...não sei se será ou não...penso que existem saudades e desejos, saudades do que nunca mais se pode ter, ver, tocar...desejos de voltar a ter, ver, tocar...não sei, estou baralhada...confusa...mas amo vir aqui, ficar por aqui...beijinhos migo
Liliana.

É verdade amiga, o passado valeu a pena e de que maneira, a saudade desse passado ainda cá mora, embora por vezes existam momentos que fazem rever o passado, não daquela maneira como passou mas, com uma forma de sentimento diferente porque o amadurecimento da vida passando por nós nos fazem sentir as coisas diferentes mas quase iguais.

Este teu post é mais um que adorei miga, e esta parte:

deixa-me cobrir o teu corpo com o meu manto...afagar-te o cabelo com o calor das minhas mãos.

diz o calor humano em como ele está apresentado.

E esta parte final:

chama-me talvez vampira...porque não?!

para mim é o culminar de desejos sem fim de tudo aquilo que imaginamos e queremos acontecer.

Cada post teu é um símbolo à boa imaginação (que se pode concretizar), de quem vive o que escreve.

Será que teu coração e sentimento rasga todas estas emoções?

Será que em ti existe uma luta frenética para muito forte poderes gritar ao mundo (eu estou aqui, isto sou eu?)..

São duas perguntas que te faço porque lendo tudo o que escreves atentamente, sinto em ti a emoção de explodir todo o teu bom sentimento que te vai na alma..

Bjos miga e dia feliz te desejo com essa forte emoção que sai sempre dentro de ti..

Erica Maria disse...

Amiga..........suas palavras me encantam sempre!!

Bjos em teu coração!

Nanda Assis disse...

adorei o blog, selvagem e sensual.

bjosss...

1manview disse...

Mmm .. A mordida de animalistic luxúria ...

Mr Nelson disse...

Pois... foste mordida... já estás a sentir os primeiros sintomas... estás a transformar-te numa concubina. ;)

beijos quentes

Palma da Mão disse...

Aqui-Ali-Acolá, meu amigo, quando falei em saudade e desejo, coloquei-os em altares distintos...mas passo a explicar, saudade para mim, é algo demasiado forte, sinto saudades do meu pai e dos meus ente-queridos...que partiram, que não mais poderei tocar, que sinto vivos dentro de mim...mas apenas isso, sinto saudades do seu cheiro, do seu sorriso, e não é uma foto, ou os bons momentos que passámos juntos que mos trazem de volta...por isso falei de saudade...saudade do que não se vê, não se toca...não se pode ver, nem tocar...
Depois o desejo...desejo de estar novamente com quem está vivo...com quem me fez sentir bem num ou noutro momento...desejo de tocar a pele que está perto de mim...eu não sei, mas sinto que saudade é uma coisa, recordação e tudo o que isso desencadeia é outra...eu não digo tenho saudades de chocolate quente, digo apetecia-me agora um chocolate quente...
Não vivo uma luta interna, porque mesmo não me conhecendo bem...sinto-me feliz com o que conheço de mim própria...ainda que possa parecer perdida dentro de mim, afinal não seremos todos nós um bocadinho assim?
Chama-me vampira...porque não?
Beijinhos e brigada pelo carinho da visita:)

Palma da Mão disse...

Brigada Erica, sabes que as tuas também dão cabo de mim, rsrs, eu já espreito antes de chegar, e o calor sobeeeee à distância,rs
Beijinhos miga

Palma da Mão disse...

Saudades tuas por aqui linda, tanto tempo Assis, espero que estejas bem querida.
beijinhos e brigada:)

Palma da Mão disse...

1manview, brigada:)
Quem não gosta não é?rs
Beijinhos

Palma da Mão disse...

Mr Nelson, Mr Nelson, rs,brigada migo, sabias que vampiro que morde vampiro, sucumbe aos prazeres e é levado à exaustão num momento de completa alucinação sensual?Sabias?rsrsrs
Pronto já podes imaginar o que acontecerá a quem me mordeu...
Beijos doces

Luna disse...

Desejos esculpidos em saudades ou ansiedades para que aconteçam. Que aconteçam. E que desfrutes.
Bjs

Palma da Mão disse...

Obrigada Blue, sem sombra, o sim e o não andam sempre de mão dada...embora muitas vezes sozinhos, longe, com os sentidos bem bedefenidos, conseguimos sentir até o beijo mais distante:)
Beijinhos migo

Palma da Mão disse...

Monday, migo, sim as vampiras têm um charme caracteristico, o seu cheiro, os dentes mais ou menos aguçados...muitas vezes nem nos apercebemos da sua presença,rs
Brigada
beijinhos

Palma da Mão disse...

Obrigada Luna, tento sim, sempre, aproveitar todos os meus momentos,disfrutar de cada palavra...cada sorriso...cada toque da seda dos corpos ao seu encontro...cada caminho...cada ciume...cada vontade...
Beijinhos
Liliana

Princesa disse...

Lindo como sempre miga
é sempre bom vir visitá-la
SER AMIGA É…
Andar junto,
mesmo que distante.
É ser legal,
jamais superficial.
Dizer o que pensa,
sem ofensa.
Calar para ouvir,
sem intervir.
Falar sem rodeio,
sem receio.
Guardar o segredo,
secar o pranto,
dar o ombro.
Estar para o que der e vier,
e jamais abandonar.
É alguém com quem sempre
se pode contar.
Ser amigo, afinal,
É SER ESPECIAL!
Bom fim de semana
beijinhos

Palma da Mão disse...

Que lindo amiga, agora fui eu que fiquei sem palavras!
Beijinhos querida, e muito obrigada Princesa:)

Bernardo Lupi disse...

Estamos insaciáveis hoje! :)

Palma da Mão disse...

Um sorriso Bernardo, simplesmente um sorriso meu amigo:)
beijinhos e obrigada