17 maio 2009

Sei Que Não Sei...


Tudo o que sei é que não sei quantos serão os caracois do vento...dourados pelo sol...perdidos nas reticências das histórias de cobras de muitas cabeças...remexidos em caldeirões de bruxa com pontos de interrogação...remos de pau velho que quebram ao som do beijo da chuva...do olhar frio e distante dos outros....tudo o que sei é que não sei, quantas virgulas faltam para o ponto final...quantas pedras se atravessam nas margens do meu corpo impedindo-me de fazer do meu eu balão de ar quente...capaz de me elevar aos céus...e viajar sem destino e regresso imprevisto...tudo o que sei é que sei que não sei nada além do que sinto...e tudo o que sinto faz de mim o que sou...e não sei sequer o que sou, ou o que quero de mim mesma...sei que vivo...que caminho...por aqui...por ali...por aí...

4 comentários:

Leandro Fonseca disse...

sei que nada sei


hasta!

Tatiana disse...

Que esse viver te mova sempre por caminhos que iluminem tantos!

Uma semana de dádivas para o seu coração!

Deixo um beijo carinhoso

Helô Müller disse...

A gente nunca sabe que nada sabe ... rs
Uma bela semaninha pra ti !
Já tou na tua cola !!
Beijos sabidos !! rs
Helô

Aqui - Ali - Acolá disse...

e não sei sequer o que sou, ou o que quero de mim mesma...sei que vivo...que caminho...por aqui...por ali...por aí...

------------------------------------------------

Caminhando assim, por aqui..por ali..por aí..

Porque não caminhar por Aqui - Ali - Acolá?

Assim, caminhavas até aqui junto a mim!..

Uma ideia que se juntava bem agradável a este teu belo post.

Que achas?...rsrsrs

Bjos boa e feliz semana..