10 junho 2011

Ventos que sopram de longe...

São ventos que sopram de longe, os que enfurecem...os ventos que me dissipam a alma e me roubam pequenas sombras da memória...são zumbidos perigosos os que se perdem por aí...lágrimas de anjo que sinto cair...palavras gravadas, esquecidas ou simplesmente apagadas por feras vadias que de mãos dadas parecem sorrir...oiço o vento...que sopra de longe, de norte, tão perto de mim...sinto o seu cheiro...o seu toque...o seu sangue...e o seu beijo...sinto que está frio...muito frio...Sinto que são só ventos, que de ventos não me esqueço...são ventos que me roubam a calma...ventos que sopram de longe e de perto, ventos que vagueiam por aí...

9 comentários:

Blue disse...

Ventos que levam nossos pensamentos...
Ventos que de longe trazem as cinzas do vulcão...
Ventos que (li hoje em um blog) acariciam as folhas das arvores...
Ventos...

Beijo

Anónimo disse...

O vento pode ser forte, mas nada é suficiente forte que nos derrube. :)

Palma da Mão disse...

Por vezes os ventos são assim...simples ventos.
Obrigada meus amigos, nem sempre os ventos nos trazem o que mais queremos...só quero um vento calmo, que me toque de leve e me aconchegue nos momentos menos bons, nos momentos em que a vida parece um terrível conto de fadas...
Beijinhos mil

Everson Russo disse...

Ventos tem o poder de levar e trazer perfumes,,,sentimentos...sonhos e desejos de amor,,,num simples toque,,,,grande beijo de bom final de semana pra ti.

Palma da Mão disse...

Obrigada meu amigo Everson, o teu carinho na palma da minha mão...
beijinhos

O Santo Diabinho disse...

Palma da Mão

Quem sabe se o vento em breve não trás o que procuras...
;)

Bjs

Palma da Mão disse...

Sim, o vento trás-me tanta coisa...
Obrigada pela visita, beijinhos

Braulio Pereira disse...

beijos do vento


sempre estou a teu lado...


beijos!!

Palma da Mão disse...

Obrigada meu querido amigo, recebidos e devolvo muitossss:)

Beijinhos