20 novembro 2011

Parabéns

Um brinde...a ti meu pai,  partiste sem pedir licença... e encho o teu copo... fico em silêncio a ver-te beber...muitos parabéns...

11 comentários:

Aqui - Ali - Acolá disse...

Poucas as palavras deste post mas que definem tudo aquilo que te vai na alma.

A ti amiga, retribuo um beijo de saudades com o carinho que sempre te dediquei.

Saúde paz e felicidades te desejo.

Palma da Mão disse...

Obrigada, pelo beijo, pelas saudades e sobretudo pelo carinho...afinal estamos vivos enquanto os que amamos não se esquecerem de nós...
Beijinhos

DESIRE disse...

Palavras que me tocaram...
beijo prometido

Palma da Mão disse...

Obrigada pela visita, e pelo carinho das tuas palavras
Beijinhos

Tatiana Moreira disse...

Nesses momentos em que a saudade invade a alma... O melhor a fazer é buscar o que nos traga a paz e o conforto, e nossas boas lembranças e recordações são sagradas!
Um beijo com o meu carinho

Palma da Mão disse...

Obrigada pelo carinho Tatiana, resulta sempre poder procurar no baú das memórias aquele sorriso sincero:)
Beijinhos

Aqui - Ali - Acolá disse...

Olá amiga bom dia:

Aqui presente para te deixar os meus votos de um Natal muito feliz e um Ano Novo melhor do que aquele que se aproxima do fim.

Tudo de bom te desejo.

Bjos, saúde e muita paz.

Everson Russo disse...

Que o seu Natal seja de muito amor, paz, serenidade, reflexões, união e harmonia em família, e que a verdadeira essência desse dia, que é o amor e a mensagem de paz do Menino Jesus esteja na alma e no coração de todos,,,UM FELIZ NATAL..beijos e beijos.

Me permita disse...

Olá, querida!

Palavras simples e repletas de sentimentos... Vejo que teu blog continua lindo, profundo... Mas, parece que tbm sumiste um pouco, assim como eu...

Senti saudade, resolvi postar neste final e início de ano... Mesmo demorando em postar, tenha certeza que não abandonarei aqui de todo...

Feliz Ano Novo! Obrigado por sempre passar por aqui! Pelo teu carinho e paciência...
Beijos!


Cortar o tempo

Quem teve a idéia de cortar o tempo em fatias,
a que se deu o nome de ano,
foi um indivíduo genial...


Doze meses dão para qualquer ser humano se cansar e entregar os pontos.
Aí entra o milagre da renovação e tudo começa outra vez, com outro número e outra vontade de acreditar que daqui pra diante vai ser diferente

Carlos Drummond de Andrade

Palma da Mão disse...

Obrigada meus amigos, um feliz ano também para vocês:) Beijinhos grandes

Braulio Pereira disse...

beijos de conforto.

meu abraço de aconchego


e carinho.